Favoritos

Você não favoritou nenhum post ainda. Para fazer isso, basta clicar no ícone presente nas páginas.

  • Alimentação saudável para crianças: dicas e receitas para o verão

  • Como criar alternativas lúdicas para tornar o momento da alimentação mais saudável para crianças, em casa e também na praia? Água com gás e água de coco podem ser uma opção saudável para a hidratação das crianças?

    Conversamos com a nutricionista Caroline Abud Drumond Costa para entender melhor os cuidados com a alimentação das crianças. Ela é professora do curso de Nutrição da PUCRS, especialista em Nutrição Materno Infantil e pós-doutora em Pediatria e Saúde da Criança. Confere abaixo o bate-papo.

    Bem Viver - Que cuidados especiais temos que ter com a alimentação das crianças no verão?

    Caroline Abud Drumond Costa – Os cuidados especiais em relação ao verão envolvem, especialmente, a hidratação e as escolhas alimentares pensando em viagens, refeições/lanches fora de casa. É importante pensarmos nessa adaptação para a mudança de rotina.

    Bem Viver – Água de coco é uma forma saudável de hidratação?

    Caroline - Sim, a água de coco é uma forma saudável de hidratação, desde que tenhamos alguns cuidados na escolha. A melhor opção é a água de coco na sua forma mais natural, onde cortamos o coco e extraímos o líquido.

    Em geral, na beira da praia, parques e mercados, temos essa possibilidade. Mas, se precisar comprar a água de coco industrializada, a orientação é a leitura do rótulo com foco na lista de ingredientes, já que algumas marcas têm adição de açúcares. Importante ressaltar que, apesar de termos opções de hidratação saudável, nada substitui totalmente a água pura e o incentivo a esse consumo na infância é necessário.

    Bem Viver – E a água com gás. É uma opção que as crianças poderem ingerir no seu dia a dia ou tem alguma restrição?

    Caroline – Água com gás pode ser uma opção, mas não um substituto total da água sem gás. Muitas apresentam um teor aumentado de sódio em sua composição.

    Bem Viver – O que é uma alimentação saudável para as crianças?

    Caroline – A alimentação saudável é aquela que tem como base os alimentos in natura e minimamente processados. Essa é a recomendação de ouro para as crianças menores de dois anos e também para população brasileira como um todo.

    Além da escolha dos alimentos, evitando o consumo excesso de alimentos ultraprocessados, uma dica é valorizar o ato de cozinhar, de realizar refeições em família e de estimular a comida de afeto.

    Bem Viver – Como os hábitos adotados na infância podem influenciar o tipo de alimentação que teremos ao longo da vida?

    Caroline – É na infância que construímos a base para hábitos de curto e longo prazo. Por isso, é importante estimular o contato da criança com o alimento, de saber a origem dele, poder manipular e participar do processo de compra e preparo.

    Além disso, a criança observa os hábitos alimentares da sua família, então, os pais devem estar atentos aos seus hábitos, já que o exemplo é sempre uma forma maravilhosa de educação.

    Ressalto a grande importância dos primeiros dois anos de vida neste contexto. Este é um período que chamamos de "janela de oportunidades", onde as recomendações relacionadas ao aleitamento materno (e substitutos adequados, quando necessário), introdução de alimentos complementares e adoção de uma alimentação baseada em produtos in natura contribuem para a melhor saúde e potencial adesão aos hábitos alimentares saudáveis. Isso porque, esse é o período de maior velocidade de aprendizado.

    Bem Viver – Quais os problemas mais comuns em relação à alimentação que os pais enfrentam com as crianças e como vencê-los?

    Caroline – Vejo que hoje os problemas mais comuns são a seletividade alimentar, em especial a rejeição por alimentos coloridos (frutas, hortaliças) e o grande consumo de alimentos ultraprocessados.

    Proporcionar à criança a experiência de manipular o alimento, por exemplo, plantando uma mudinha ou cozinhando, tem grandes resultados.

    O uso do lúdico é importante na melhor aceitação também, por isso, você pode investir em forminhas, cortadores divertidos, alimentos de tamanho pequeno (cenouras baby, tomates cereja) e desenhos em pratos.

    Outra estratégia pode ser incluir, de forma lenta, alimentos rejeitados junto aos alimentos que a criança aprecia e, de preferência, incentivando a autonomia.

    A exposição às telas e propagandas tem efeito deletério neste processo A sugestão é reduzir este tempo e incentivar outras atividades, mesmo dentro de casa, como jogos, leitura ou mesmo a ajuda em atividades da casa.

    Dicas e receitas para preparar aperitivos saudáveis e divertidos para as crianças

    Vamos de receitinha para um aperitivo mais lúdico para as crianças? Confira algumas dicas que a nutricionista Caroline preparou para você fazer com os seus filhos!

    Os picolés/sorvetes de frutas fazem grande sucesso e podem ser feitos em casa, e de forma bem fácil. Outra opção legal é o espetinho de frutas, o milho cozido, sanduichinhos divertidos e os bolos caseiros.

    Sorvete de banana

    Congele bananas (mais maduras) em pedacinhos pequenos. Essa será a base do seu sorvete.

    Depois que ela estiver congelada, bata em um processador até virar uma massa consistente.

    Você pode servir assim, puro, ou diversificar o sabor, misturando com iogurte natural integral (para os maiores de 1 ano), frutas vermelhas ou cacau em pó.

    Picolés coloridos

    Encha algumas forminhas de gelo com água de coco e jogue pedaços de frutas, como morango, kiwi, abacaxi. Congele.

    Outra opção de picolé de fruta é apenas congelar o suco bem concentrado. Uva e abacaxi ficam uma delicia!

    Espetinhos de frutas

    Coloquei morango, banana, maçã, uva, abacaxi, melancia (as frutas que quiser e que estejam na estação) em espetinhos. Sirva geladinho.

    Sanduíches divertidos

    Misture queijo picadinho, tomate, milho, cenoura ralada, ovo cozido, azeite de oliva e manjericão, fazendo tipo uma pastinha.

    A pastinha pode ter ainda atum, frango e tofu.

    Passe em pão, de forma preferência, menos processado e corte com moldes divertidos (estrelas, coração, ursinhos).

    Explore a sua imaginação para criar alimentos gostosos, saudáveis e divertidos!

    Receba conteúdos e dicas exclusivas para uma vida mais saudável!

    Assine a nossa newsletter e fique por dentro de tudo.

    Comentários

    Comente ...