Favoritos

Você não favoritou nenhum post ainda. Para fazer isso, basta clicar no ícone presente nas páginas.

  • Meditação: tudo para você começar a praticar hoje!

  • A Meditação é uma dádiva e um caminho lindo para termos mais equilíbrio e maior capacidade de gerenciar as nossas emoções e ansiedades, de exercitar o autoconhecimento e, com tudo isso, fazer escolhas conscientes para a nossa vida.

    Crédito: wavebreak3

    O dia foi corrido? Experimente, então, entrar em um ambiente silencioso. Pode ser o seu quarto mesmo, com todas as telas desligadas (televisão, smartphone).

    Deixe a temperatura agradável, sente-se de forma confortável e feche os olhos. Concentre-se no momento. Inspire e expire profunda e repetidamente. Preste atenção na sua respiração, pois assim você vai conseguir reduzir o fluxo dos pensamentos. Se eles vierem à sua mente, não se preocupe, apenas não dê força e permita que passem como nuvens. Permaneça alguns momentos conectado com você mesmo.

    Bom, né? Você pode repetir esse mesmo exercício em várias situações do seu dia, como ao lavar louça ou tomar banho, enquanto deixa a água escorrer e relaxar o seu corpo. Basta fazer algumas adaptações de acordo com a atividade que você está realizando, claro.

    O importante é sempre ter um olhar de segurança – se não tem muito equilíbrio, por exemplo, fique com os olhos abertos – e focar a respiração para tentar ficar ali, naquele momento.

    Existem diversos tipos de Meditação: com mantra ou sem, mais ortodoxa ou não, em silên- cio ou guiada, de autorreflexão ou autoquestionamento. O importante é começar a fazer da forma que você se sente mais confortável.

    Que tal cinco minutos por dia? Já é um começo.

    Todos podem praticar a meditação?

    Algumas práticas são mais difíceis para algumas pessoas, então se você tem algum trauma no seu passado ou se sente dificuldade em ficar em estados emocionais diferentes, talvez seja importante contar com apoio de um profissional especializado para essa prática.

    Fonte: Livro Vida Simples, Saudável e Feliz

    “O Mindfulness é eu aceitar de forma amável o que está acontecendo. Se a tristeza está com você, esteja com ela com amor. Se o medo está com você, esteja com ele com amor. Se a alegria está com você, esteja com ela com amor. Se você está observando uma árvore, faça isso com amor. É sobre estar presente aceitando o que está acontecendo, com uma atitude amável”, comenta Ronald D. Siegel, com diversos livros escritos sobre o tema, como The Mindfulness Solution.

    Segundo ele, é possível desenvolver Mindfulness sem a prática formal de se sentar para meditar, como ao realizar atividades corriqueiras da nossa vida.

    Isso acontece, por exemplo, quando estamos caminhando e gentilmente voltamos a nossa atenção para sensações como olhar as árvores e o céu e sentir os pés no chão, ou quando, ao dirigir, desligamos o rádio para prestar atenção no ambiente natural à nossa volta, como a estrada e os carros ao redor, para assim trazermos a nossa atenção para o presente.

    Os tipos de atividades que vão nos dar mais resultados para desenvol- ver o Mindfulness são aquelas em que nós podemos facilmente pres- tar atenção nos estímulos sensoriais.

    Praticar assistindo TV ou lendo é difícil porque nós somos capturados pela história. Mas é fácil fazer isso enquanto escovamos os dentes, porque nós já temos a habilida- de, então não precisamos nos preocupar em como escovar os dentes - exemplifica Siegel.

    Podemos praticar Mindfulness em diversos momentos do dia a dia. Que tal começar?

    Meditação para combater o estresse

    Vivemos em constante estado de alerta, tendo que gerenciar as expectativas de atender as demandas que chegam ao nosso ambiente de trabalho e à vida pessoal via e-mail, mensagens, ligações, redes sociais e por aí vai.

    Crédito: WavebreakMediaMicro 

    Até 2020, para cada indivíduo na Terra será criado 1.7 MB de dados por segundo, de acordo com levantamento do site Data Never Sleeps.

    É muita informação para processar. Para gerenciar melhor essa realidade, é importante encontrarmos situações para termos um pouco de calmaria, para respirar profundamente e purificar a nossa mente.

    A Meditação é uma ferramenta poderosa no gerenciamento do estresse.

    É como se pudéssemos treinar a mente para conseguir desligar um pouco de todos esses inputs que recebemos.

    Sabe aquela sensação da paz inabalável? É o que a Meditação provoca na medida em que nos ajuda a buscar um caminho de espiritualidade e fé. E isso também é uma bela forma de ajudar a aliviar o estresse.

    Mas qual o tempo ideal dessa prática para chegarmos a sentir seus efeitos positivos? Depende. Se meditarmos pouco, vamos reduzir pouco o estresse; se meditarmos muito, vamos reduzir mais. Há estudos que dizem que 20 minutos, algumas vezes por semana, já são capazes de gerar ótimos resultados.

    Pensamentos saudáveis produzem químicas saudáveis; pensamentos tóxicos produzem químicas tóxicas.

    >>> Leia também: Meditar regula emoções e ativa criatividade

    O momento presente

    Todas as formas de Meditação foram criadas para nos conectar a algo maior do que nós mesmos.

    Nas tradições judaicas, cristãs, islâmicas e taoistas, é uma conexão com Deus, uma conexão com algo divino. Na tradição animista, seria uma conexão com a terra, céus ou espíritos dos animais.

    Nós vivemos em um mundo completamente interdependente, em que tudo o que fazemos é dependente de outras pessoas. Quanto mais nós praticamos Mindfulness, mais nós notamos isso - comenta Siegel.

    Quanto mais praticamos, mais presentes estamos; quanto menos praticamos, mais somos capturados por nossos pensamentos, pensando geralmente sobre o futuro, imaginando a próxima coisa que devemos fazer. E então, vamos nos conectar definitivamente com nós mesmos?

    Quer saber mais sobre meditação? Fale com a gente!

    Comentários

    Comente ...